Blog Suassui

Para Valadares, com amor

Poema da artista plástica Clores Lage em homenagem ao aniversário de 77 anos de Governador Valadares:

Para Valadares, com amor

Do alto da Ibituruna,
olho a cidade.
vejo um espetáculo,
sinto alegria,
sinto emoção,
vou ao passado.

Anos quarenta,
tudo era mato,
nas margens do rio,
sem arma,
só com vara,
se matava capivara.

Terra quente, promissora,
atraía muita gente.
Migrantes ajudaram,
marcaram presença.

Homens, mulheres
Políticos e religiosos,
nomes gravados tiveram,
os que fizeram por merecer.

Em ruas, praças, escolas e monumentos,
muitas construções levantaram do chão.
Até hoje se constroem,
que bom! Eterna canção.
Lembranças tem alegria e amor,
da Avenida Minas Gerais levou:
os pés de Oitis,
o Bar do Chain,
o Cine Ideal,
o Coreto, o café Tim Tim.

Anos 80?
Tudo mudou,
Pra melhor.
Valadares ou Valadólares?
A economia bombou.
Mi casa, su casa,
histórias e micos,
idiomas juntos e misturados,
importante comemorar?
Sim, o ‘agora’.

Nosso rio? Menos alegre,
Mas ainda doce!
A Ibituruna? Pedra gigante,
encantada, tem magia até no ar
Guarda segredos, não pode contar,

Continua linda
Emanando sol e calor,
Energia da luz
E do amor.

Clores Dias de Andrade Lage

Comentários